Post Top Ad

Artes Cênicas - Um tour pelas artes, parte 2

Olá pessoas. Eu sou Willian Vulto e estou de volta com a minha série de posts sobre as formas de arte. Semana passada eu falei sobre música (Veja Mais), e essa semana eu vou tratar das artes cênicas.

Sobre as Artes Cênicas
As artes cênicas são uma série de manifestações diferentes, mas que se caracterizam pelo seu elemento comum, que é o uso do corpo do artista. Teatro, Dança, Coreografias e Performances em geral se enquadram como artes cênicas.

A dança é um caso especialmente interessante de arte. Na dança, é possível transitar entre uma expressão despreocupadamente natural e formas mais técnicas e trabalhadas. É natural dos seres humanos, e de algumas espécies animais, se mover no mesmo ritmo de uma música e usar as expressões do corpo para revelar sentimentos e narrativas. Com o tempo, e a evolução da sociedade, a dança adquire valores estéticos mais determinísticos e a técnica se faz mais presente em performances cada vez mais pensadas e mais complexas. Em um extremo, temos um bebê que se balança no ritmo de uma música e, no outro, uma espetáculo com centenas de dançarinos fazendo coreografias super intrincadas e detalhistas. Mas ainda assim, tudo isso é dança.

Você pode estar pensando que, quando falo de arte cênicas, eu estou falando, necessariamente, de movimento, porém isso não é verdade. Me parece (e eu não sou especialista, nem nada), que esse macro grupo de artes tem como objeto principal o corpo do artista e sua presença na cena. Uma artista que eu gosto muito, a Marina Abramovic, tem várias performances onde ela fica parada na maior parte do tempo e convida o espectador a interagir com ela. Não são performances sobre movimento. São performances sobre doar o corpo para a arte, colocando a performance acima da própria segurança e saúde do artista.

A presença no palco também vai ser extremamente importante no teatro, onde os atores também doam seus corpos pelo espetáculo. Ao contrário do cinema, toda a peça é feita ali, na hora, com trocas de figurino ágeis e uma linguagem corporal mais forte, que precisa ser vista até por quem está na última fila. Ouso dizer que o teatro exige mais do corpo dos atores do que o cinema, mas deixo para falar disso no futuro.

Resumindo tudo o que eu disse até aqui e tentando amarrar as coisas: O corpo conta histórias, com ou sem movimento. Você pode contar essas histórias de forma natural e cotidiana, mas também pode treinar o seu corpo a ser uma máquina de narrativas. Uma máquina incrível.

No fundo, a meu ver, artes cênicas é sobre se doar.

Indicações

Uma Artista
Marina Abranovic falando sobre o Rythim 0, uma das suas performances mais famosas

Um Vídeo
Sobre dança e ciência

Um Texto
Sobre 5 artistas de performance que a de se conhecer

Um Filme
Climax. Eu não sei se é bom, por que ainda não saiu, mas o trailer está incrível

Um Curta
The Mime, que é um curta de terror sobre um mímico

Um Videoclip
 This is America do Childish Gambino – a dança é o núcleo da narrativa
Por hoje é só.
Espero que tenha gostado.
Continuo esse tour pelas artes na semana que vem. 
Até lá


Artigo
Willian Vulto
Um grande conhecedor do mundo das artes, filmes, games, literatura, quadrinhos e muito mais... Willian Vulto dirige o site de arte e entretenimento "Lugar Nenhum", local onde poderá conferir as novidades deste segmento com grande criatividade e exclusividade.

Acesse: lugarnenhum.net

Imagens: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Post Top Ad

Visite nosso Instagram