Post Top Ad

Drinks originais com Amázzoni Gin - "Entre a Lua e as Estrelas"

Inspirado no conto da índia Naiá e a Lua, o drink de hoje além de nos fazer viajar através dessa lenda cultural, provará de uma vez por todas que os coquetéis brasileiros são sim, riquíssimos em conceito e detentores de muito sabor.
Desenvolvido por Vinicius Kodama de Curitiba/PR, um jovem bartender que conquista todos que provam da sua alquimia, o drink "Entre a Lua e as Estrelas" é a 4ª maravilha que a Revista Nós e outros Olhos está recriando do Livreto de Receitas da Amázzoni Gin. Massa, né? E assim como todos os drinks dessa série, hoje além de você conhecer a lista de ingredientes, também poderá conferir todo o passo a passo para recriar com grande estilo aí na sua casa.

Bora aprender?

Começa agora...
Drinks originais com Amázzoni Gin
Receita nº4 / Entre a Lua e as Estrelas
Método: Batido
Gelo: Esférico
Guarnição: Casca de Limão e Folha de Curry
Copo: Baixo

Ingredientes:
50ml de Amázzoni Gin
20ml de Suco de Limão Siciliano fresco
30ml de Xarope de Banana com Curry
1 Dash de Bitter
1 Toque de Cerveja IPA
Considerações iniciais:
Assim como no drink Coffee & Silk, onde ensinamos o preparo de um interessante Licor de Anis a base de Gin, para o drink de hoje também ensinaremos os segredos para um verdadeiro xarope (syrup) de Banana com Curry. Pois sendo este um ingrediente que trará um sabor totalmente peculiar ao drink, prepará-lo antecipadamente será imprescindível. A receita também é do Vinícius Kodama e vale muito a pena ter sempre em casa para ser usada em outras composições.

Xarope de Banana com Curry
Ingredientes:
1 Banana da Terra
20g de Manteiga
3g de Curry Masala em Pó
3 ramos de Curry
150g de Açúcar Cristal
150ml de Água

Preparo:
Frite a banana, os ramos e o masala na manteiga até escurecer a banana. Na sequência adicione o açúcar, a água e deixar entrar em ponto de fervura. Para finalizar, coe com uma peneira. Fácil e prático.

Mas caso você não consiga encontrar o Curry fresco na sua cidade, a nossa dica é que você conheça a Geleia de Banana com Curry da A Senhora das Especiarias de Gonçalves/MG, que não só tem a mesma essência deste xarope caseiro, mas é também super cremosa, conta com pequenos pedaços carnudos de banana e o melhor, já vêm prontinho para uso. Como acompanhamento em um churrasco fica um espetáculo!
Para nós, usar essa Geleia como ingrediente alternativo para substituir o xarope caseiro foi realmente muito interessante, pois tendo aromas e sabores muito similares, a única diferença é que um é coado e o outro não. Claro, a Geleia tem a sua cremosidade sem igual, por isso, ela se torna muito versátil em diversas composições. E sabe o que é mais legal? Sendo este um drink que é coado antes de servir, ela se mostrou perfeita para a ocasião.
Desenvolvida por Fernanda Kurebayashi, uma alquimista que tem o poder de transformar frutas em delícias inimagináveis, essa Geleia faz parte de um universo ainda maior de produtos que a Fernanda faz. Só para você ter uma ideia, além de fornecer para todo o Brasil, Fernanda também ensina e participa de diversas feiras nacionais.

Então para você que quer se aventurar na criação de Geleias e Chutneys, uma dica bem legal é conhecer o E-Book intitulado "A Alquimia das Frutas" no Instagram da A Senhora da Especiarias. Nele, você não só aprenderá técnicas para desenvolver as suas delícias em potes, mas terá também diversas dicas de composições com pratos e coquetéis. Bacana né? Sintonia pura com esta publicação! 😉
Então agora que você já tem este ingrediente em mãos, inicie o preparo do drink separando a medida indicada de Amázzoni Gin.
Para quem ainda não conhece, o Amázzoni Gin é uma bebida nascida no Rio de Janeiro/RJ e multi premiada pelo mundo inteiro. Para conhecê-la um pouco mais, super indicamos que você acesse o Drink Maria Pitanga para compreender sua origem, o Drink Coffee & Silk para ficar por dentro do seu manifesto e também o Drink Água das Águas para desvendar os diversos botânicos utilizados em sua produção.

E se você reparar bem, verá que sua garrafa também conta com um design bem exclusivo. Veja o que a própria Amázzoni nos fala sobre ela.

A GARRAFA
"Para executar um desenho exclusivo que remete aos frascos medicinais renascentistas, resgatamos as técnicas artesanais com vidro reciclado. O abraço que protege o Amázzoni Gin tinha que ser especial, assim como o líquido que descansa nele. As garrafas são produzidas individualmente e a perfeição delas é medida apenas pelos olhos atentos dos artesãos. Por isso, até as pequenas imperfeições são detalhes preciosos, testemunhos de todo o processo de produção." Amázzoni Gin
Gin separado, insira-o na coqueteleira.
Faça isso com os demais ingredientes (menos a cerveja).
Insira também algumas pedras de gelo e bata vigorosamente até gelar os dedos, rs.
 Após bater bem, coe duplamente em um copo baixo. Aqui nós coamos em um bowl antes de inserir no copo, só para você ver a cor e a textura que fica antes de servir.
Lembre-se que uma das pedidas para esse drink é que o gelo deve ser maciço e esférico... Então atente-se a esse detalhe e improvise aí na cozinha caso não tenha uma forminha, hein! 😁 Mas saiba que esse tipo de utilitário você encontra facilmente em lojas de produtos para festas/aniversários e de produtos especializados para coquetelaria.
Copo e gelo no esquema? Suavemente coloque a mistura que acabou de preparar.
Está ficando bonito né? Mas ainda não terminou não... A grande sacada vem agora!
Você se lembra que no início desta receita nós mencionamos que esse drink teve inspiração no conto indígena de Naiá e a Lua? Pois bem... Não sei se você sabe, mas diz a lenda que a índia Naiá por estar apaixonada, ia toda a noite na beira de um lago observar a beleza da Lua (também chamado de Jaci). Certo dia, ao ver a imagem da Lua refletida no lago, Naiá se atira nas águas de braços abertos tentando abraçá-la, mas por infelicidade do destino, acaba morrendo por afogamento. Ao ver essa cena, Jaci se comove de tal maneira que a transforma de imediato na Estrela das Águas - a famosa Vitória Régia.

E foi pensando neste conto e em uma forma de interligar esses dois mundos, ou seja, uma ponte para Naiá e Jaci, que Vinícius Kodama teve a brilhante ideia de juntar o Gin e a Cerveja no mesmo drink, unindo assim, duas bebidas tão distantes em um casamente perfeito.
E sendo o próximo passo a inserção da Cerveja IPA, ao fazer isso você não só verá o seu líquido completando o copo, mas também verá que essa ponte que interliga os mais variados mundos realmente existe. Inclusive, nós mesmos já mencionamos algo similar na receita do Drink Martelo de Thor (drink de hidromel com cerveja).
Para deixar esta receita ainda mais especial, no quesito cerveja nós utilizamos a Cerveja IPA da Cervejaria Therezópolis de Teresópolis/RJ, uma marca sinônimo de qualidade e que devido a sua origem centenária, é uma das cervejarias mais respeitadas do Brasil. Neste drink por exemplo, a versatilidade dessa bebida se mostrou digna de muita consideração.
Refrescante, clara, de suave amargor, com a força que toda IPA deve ter, com uma bela espuma e detentora de 6,5% de teor alcoólico, essa cerveja trouxe para este drink o poder necessário para uma ótima experiência. E além de ir muito bem como ingrediente na composição de drinks e coquetéis, essa cerveja é de fato perfeita para ser apreciada nas mais diversas harmonizações.

Então se você procura dicas de receitas e harmonizações com cervejas para recriar quando quiser na sua vida, a dica aqui é dar uma navegada em nossos conteúdos para encontrar muitas composições interessantes, como por exemplo, a imbatível receita de Batata Hassekback com Queijoque não só foi harmonizada com a Cerveja Bock da Therezópolis, mas o seu resultado final é incrível. Confira e conheça também um pouco da origem da cervejaria!
Após inserir a cerveja, chega o momento de finalizar o drink com a clássica decoração. Para isso, basta adicionar ao copo um pedaço da casca do Limão Siciliano (um grande twist) e um ramo fresco de Curry. 
Para falar bem a verdade... Você não tem ideia do quão aromático fica esse drink, é sem igual! Pois quando você sente o aroma terroso e penetrante do Curry aliado ao cítrico do Limão, isso antes mesmo de dar o primeiro gole, você já nota logo de cara que o drink é muito bom.

Ao provar, nitidamente você já sente um certo dulçor proveniente do Curry com a Banana, muito interessante por sinal. Logo em sequência, a potência do Gin começa a agir por toda a boca e, aliado as notas cítricas do Limão com o inconfundível amargo da Cerveja IPA, é como se a cada gole você viajasse pela Índia, Inglaterra e Brasil ao mesmo tempo. Verdade! Para nós, este é um drink totalmente tropical, refrescante, intenso e que em sua essência carrega o famoso gosto de quero mais! 😉
Agora... Levando em consideração todos esses aspectos refrescantes e terrosos, para deixar esta composição ainda mais inesquecível, indicamos que aprecie este drink com um petisco que traga também este mesmo conceito como base, neste caso, um suculento Canapé de Palmito com Antepasto de Tomate Confit e Pesto de Manjericão.
Representando o lado terroso desta harmonização, temos aqui um Antepasto de Tomate Confit com Pesto de Manjericão estupidamente aromático, que nos remete aos alimentos do mediterrâneo e que foi um dos grandes destaques no especial relacionado a 12 harmonizações com Cervejas Artesanais (acesse e conheça mais detalhes sobre este e muitos outros produtos).

Sendo perfeito para essa composição, este Antepasto produzido pela Fazenda Carioca do Rio de Janeiro/RJ, conta com pequenos traços de pimenta preta (o que lhe confere um ardidinho único ao paladar), seus tomates são sutilmente adocicados e o Pesto, hummmm, muito saboroso! Você sente mesmo a harmonia que o Manjericão traz para os alimentos. Na certa, é o toque especial que fará grande diferença em suas receitas.
Representando agora o lado refrescante desta harmonização e sendo a base ideal para acomodar o Antepasto, temos aqui um dos Palmitos de Pupunha mais macio que você poderá provar nos últimos tempos. Para nós, foi essa a sensação que tivemos ao prová-lo apenas fervendo-o em água com um toque de sal e vinagre. E além de serem super brancos (característica de um bom produto deste tipo), ele praticamente derrete na boca a cada mordida. Junto com o Antepasto e uma pequena folha de Curry, criou uma fusão de sabores exatamente como proposto acima. Top demais!
Produzido em Pariquera-Açu/SP desde 2005 pela Palmito PalmLand, uma marca que nasceu para mudar a vida do casal Carlos e Rita Matarazzo, o versátil Palmito de Pupunha in Natura que hoje apresentamos, não só faz parte de um belo projeto de vida, mas é sinônimo de extrema qualidade por onde passa.

"A ideia inicial era morar na praia. Pesquisamos opções de negócios nos litorais de São Paulo e Paraná, como criação de peixes, ostras, camarão e acabamos encontrando o cultivo do palmito pupunha. Na época ainda pouco conhecido. Em 2005 compramos uma propriedade em Pariquera-Açu (a 40km da praia), começamos o cultivo e entre erros e acertos, a plantação foi se formando.

Em 2008 os primeiros pés começaram a ficar em ponto de corte, e como meu marido é Engenheiro de Alimentos e tem larga vivência em fabricas de alimentos, em vez de vender para fábricas locais, começamos a processar minimamente o palmito e vender o produto in natura em São Paulo, principalmente em lojas de hortifrútis, restaurantes e rotisserias. Em fevereiro de 2008 nascia o Palmito PalmLand, com corte inicial de 50 pés/semana. Atualmente são 4.000 pés/semana.Rita Matarazzo
Não sei se você sabe, mas uma curiosidade muito interessante sobre o Palmito Pupunha é que ele é a única espécie de Palmito que pode ser comercializada in natura. Verdade! Segundo a própria PalmLand, as demais se não forem consumidas brevemente, precisam obrigatoriamente ser colocadas em conserva, pois oxidam/escurecem rapidamente em pouquíssimo tempo.

Então já sabe, sempre que possível consuma este alimento em suas refeições, pois devido ao seu alto valor nutricional (Vitamina A, C, complexo B, Zinco...) e seu sabor inigualável, o Palmito Pupunha não só é perfeito para a saúde, mas devido a sua estética, irá abrilhantar todas as suas receitas.
O Autor de Entre a Lua e as Estrelas
Vinicius Kodama Yoshinaga
Ponto Gin - Curitiba/PR

Jovem, criativo, com um talento de causar admiração e com um semblante que transmite muita confiança naquilo que faz, o bartender Vinicius Kodama é a mente por trás do drink Entre a Lua e as Estrelas, que assim com dissemos mais acima, foi criado especialmente para o livreto de receitas da Amázzoni Gin.

"Entre a Lua e as Estrelas" é um nome dado a partir da lenda de Naiá e Jaci. Mostra que mesmo universos tão longínquos ainda podem ser alcançados com paixão e esforço." Vinicius Kodama
Inspirado por Igor Bispo, Gustavo Smolinski Shingo Gokan, bartanders que segue e admira desde que iniciou a carreia, Vinicius Kodama antes de trabalhar na área nunca havia experimentado bebida alcoólica na vida, mas ao trabalhar pela primeira vez em uma balada (meio sem saber o que ia acontecer), a busca pela curiosidade foi despertada no mesmo momento que percebeu a grandeza que o universo da coquetelaria tem.

Estando hoje à frente dos drinks e cocktails do Ponto Gin, um aclamado bar em Curitiba/PR, Vinicius Kodama vê que a comunidade dos bartanders no Brasil é muito unida e respeitosa, ou seja, cada um expressa a sua qualidade e todos aprendem em conjunto. Massa né? Então se você algum dia tiver a oportunidade de provar um drink elaborado por esse cara, não perca tempo, experimente!
E aí, gostou da nossa versão do Entre a Lua e as Estrelas?
Tem alguma receita que você gostaria de ver por aqui?
Então conte pra gente abaixo nos comentários e fique atento!
Em breve outros drinks desta deliciosa série com Amázzoni Gin 👍

Faça em sua casa e viva esta experiência...
Envolva-se!
Conheça mais sobre os produtos apresentados:
Redirecionamento para "Instagram" ao clicar nas imagens.
Revista Neoo


Revista Nós e outros Olhos
Créditos de Conteúdo e Fotografia: Revista Neoo
Créditos para foto de Vinicius Kodama: Munir Bucair Filho
Créditos Drink Entre a Lua e as Estrelas: Amázzoni Gin

Cenário:
Angostura com Aromatic Bitter
Let´s Gin com Copo Dosador
Oficina Lica Cruz com Prato de Cerâmica
Ateliê Toca do Tatu com Bowl de Cerâmica
Ateliê Patricia Mira com Guardanapo de Pano
Jardim de Fadas com Miniatura decorativa em vaso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Post Top Ad

Visite nosso Instagram ;)