Post Top Ad

novembro 13, 2018

Pintura - Um tour pelas artes, parte 3

por , em
 Olá pessoas. Eu sou Willian Vulto e estou de volta com a minha série sobre as formas de arte. Semana passada eu falei sobre artes cênicas (Veja Mais), e essa semana eu vou tratar um pouco sobre pintura.

Sobre Pintura
A pintura é a primeira e a principal forma de arte totalmente visual. E por visual eu estou falando de obras que vão ser apreciadas unicamente com os olhos. A dança também é apreciada com os olhos, mas ela acaba dependendo um pouco da música e da própria presença do artista, o que cria um peso multissensorial para ela, envolvendo também a audição e, por que não, o tato. No caso da pintura e da ilustração não é assim. Aqui não há som e também não há peso. Tudo deve ser apreciado pelos olhos.

Outra coisa que a pintura não tem é tempo. E é esse ponto que vai tornar essa análise de hoje interessante. Afinal, se arte é narrativa, e narrativas são acontecimentos que se dão ao longo do tempo, como pode uma forma de arte, sem movimento, e sem tempo, contar histórias? Isso significa que a pintura, a arte visual como um todo, é conceitualmente uma ilusão? Talvez.

E talvez esse seja o grande segredo desses artistas. Um segredo que vem de uma característica muito peculiar da nossa mente, dos nossos olhos e de como entendemos o universo. Por mais absurdo que pareça, eu vou ter que falar um pouco de física para explicar isso.

O mundo é estruturado em 3 dimensões, mas nós enxergamos através de nossos olhos, que são, basicamente, superfícies 2d, então, o que enxergamos, na verdade é um holograma do mundo real. Toda a nossa noção de densidade e profundidade vem de cálculos internos que nosso cérebro faz o tempo todo, mas o resultado é apenas uma interpretação de um dado intrinsecamente falso. Enxergamos em 2d.

Por outro lado, existe uma coisinha chamada quantum, que é a menor unidade possível de um tipo de energia. A luz é uma medida quantizada, o que significa que ela se move em pequenos pacotes de partículas, chamadas fótons. Então, quando você observa algo se movendo, em diferentes instantes você está recebendo fótons daquele corpo em posições bem definidas. Só existe informação de posição, e não de velocidade. É complexo, mas, em resumo, significa que nós também não enxergamos movimento, pois toda nossa noção de movimento é uma construção baseada em imagens paradas. E, de acordo com Zenão, o movimento sequer existe.

Então, o que eu quero dizer com isso tudo?

Pintar é construir uma narrativa em uma plataforma que, por definição, não aceita narrativas. É uma arte baseada em ilusão, tanto de profundidade quanto de tempo.

Dessa forma, todo pintor/ilustrador é um tecedor de ilusões, mas isso só funciona por que nunca enxergamos o mundo como ele realmente é. Sempre lidamos como mentiras e interpretamos os resultados disso.

Aprendemos a abraçar a ilusão por toda nossa vida.

Indicações

Annemarie Busscher
Retratista ultra realista inacreditável

Alison Brickle
Artista que usa a pintura com elementos do ambiente

Alex Garant
Simula desfoque de fotografia em pintura

Katy Ann Gilmore
Faz ilusões de perspectiva e engana todo mundo

Scott Wade
Pinta em sujeira de carro

Pos Apocalyptic Girls
Por que ilustrações também estão inclusas nas ilusões
Por hoje é só.
Espero que tenha gostado.
Continuo esse tour pelas artes na semana que vem. 
Até lá


Artigo
Willian Vulto
Um grande conhecedor do mundo das artes, filmes, games, literatura, quadrinhos e muito mais... Willian Vulto dirige o site de arte e entretenimento "Lugar Nenhum", local onde poderá conferir as novidades deste segmento com grande criatividade e exclusividade.

Acesse: lugarnenhum.net

Imagens: Google
novembro 13, 2018

Seu Bebê na Escolinha

por , em
O nascimento é nosso ponto de partida onde iniciamos a trajetória da vida.

Tudo começa a acontecer de forma rápida (e é cada vez mais rápido)... Antes os bebês demoravam em torno de 1 mês para abrirem os olhos, enquanto hoje já nascem de olhos abertos... E esse é só um dos detalhes desse processo de desenvolvimento, crescimento e evolução. Por isso, a forma como tudo acontece é bem importante, pois vamos dando "start" para muitas coisas que marcam a vida dos nossos Bebês.

Quando um Bebê nasce, a atenção e dedicação da família se voltam para ele. Nos três primeiros meses os Pais dão atenção praticamente integral, muitas vezes se revezando até para se alimentar ou ir ao banheiro. E dentro dessa total dedicação, vamos acompanhando a evolução do Bebê... Pequenos detalhes como movimentos das mãos, palavras balbuciadas, um suspiro de satisfação ou até um pequeno sorriso. Inclusive, temos uma publicação muito linda que aborda essa fase: 12 Mimos pra lá de Especiais para que seu Baby esteja sempre feliz.

Dos três meses ao 1 ano de idade, as transformações são incríveis, pois tem período em que uma semana já traz grandes mudanças. Uma fase deliciosa e de muito trabalho, porém os Pais já estão mais adaptados para realizar as atividades do cotidiano e ainda manter Seu Bebê em primeiro lugar.

E junto com o desenvolvimento vai chegando a hora de desmamar e de ir para a Escolinha.
No início os Bebês choram, os Pais choram, os Avós choram... Mas todos sabem a importância da Escolinha na vida da criança e da necessidade dos Pais voltarem às suas atividades de uma maneira um pouco mais expressiva, principalmente as Mães.

É claro que é muito difícil deixar nosso Bebê na Escolinha, mas é lá que eles iniciam sua vida social sem os Pais, fortalecendo principalmente a independência. A orientação dos professores e pedagogos juntamente com a educação dos Pais, vai estruturando o comportamento e a conduta da criança.

É importante pesquisar e analisar as características da Escolinha e dos profissionais que ali atuam antes de matricular seu Bebê, afinal de contas, na ausência dos Pais, é ali que ele vai passar o dia e precisa estar num lugar seguro com um ambiente que agregue em cultura, educação e bem estar.

Os Pais e a Escolinha devem ter uma interação diária, pois muitas coisas que se aprende em casa se estende na Escolinha e vice-versa. Pequenos hábitos irão se refletir em toda a vida, então é muito importante em todos os momentos necessários, parar e instruir seu Bebê, que cada vez mais vai compreendendo o que é certo ou errado.

Quando se aprende desde cedo, tudo ocorre de uma maneira natural. Por exemplo, se você orienta seu filho a escovar os dentes ao acordar e depois de todas as refeições, chegará um momento que ele fará isso espontaneamente. Mas se ele nunca tem essa orientação, quando os Pais pedirem isso a ele, se sentirá cobrado e terá a atividade como um peso.

A Escolinha orientará sobre a escovação e nosso Bebê irá escovar os dentes lá, mas isso deve se estender em casa, assim como outros hábitos.

Um ponto muito importante para orientar nossos Bebês é a alimentação.
A amamentação é importantíssima no primeiro ano de vida, porém a partir do sexto mês já podemos incluir água (principalmente em regiões muito quentes), alguns chás e sucos. Começou a nascer dentinhos, já podemos incluir outros alimentos molinhos, como papinhas e frutas como a banana, que é bem macia. E conforme a boquinha do Bebê vai enchendo de dentes, vamos oferecendo novos alimentos.

É importante ter em mente que toda a família precisa ter uma alimentação saudável para que nosso Bebê também tenha. E para isso acontecer, temos que ter o hábito de consumir alimentos frescos constantemente e de preferência orgânicos. Uma dica super simples e funcional é sempre ter em casa frutas, verduras, legumes e especiarias e toda vez que for preparar uma refeição, dê preferência para incluir os alimentos frescos que tem em casa. Seu Bebê vendo que diariamente contém na mesa alimentos saudáveis, ele mesmo irá querer, pois fará parte da rotina dele e de todos da família.

Na Escolinha eles oferecem uma alimentação balanceada e em casa também precisamos ter esse cuidado, não só para nosso Bebê, mas também para nós.

Uma outra dica de ouro é sempre oferecer ao Bebê o que está à mesa.
Se você ofereceu ao seu filho abóbora, ele experimentou e recusou, não dê a situação como se ele não gostasse definitivamente de abóbora. Quando tiver abóbora novamente, ofereça e pode ser que ele te surpreenda. Tem muitos casos que o Bebê passa a gostar de um alimento depois de experimentar duas, três ou até mais vezes, isso porque o paladar de um Bebê muda muito rapidamente.

E junto com o momento de se alimentar, vem outros costumes como comer de boca fechada e também os cuidados que temos ao fazer as refeições.

Tem Escolinha que já pedem que o Bebê leve seu Jogo Americano para fazer as refeições, como uma forma de orientar a organizar seu próprio espaço e também de manter o refeitório mais fácil de limpar depois. Normalmente, quando se ainda é Bebê, as professoras ou assistentes já limpam o que caiu no Jogo Americano e já vão ensinando que após as refeições deve retirar a mesa. Esses são ensinamentos que precisam se estender em casa de forma natural.

Aqui na Revista sempre indicamos cuidados com a arrumação da mesa e o bem estar que isso causa. Assim como os pratinhos e talheres do nosso Bebê, o Jogo Americano dá um plus nessa orientação, tanto em relação ao prazer de comer em uma mesa mais alegre e bonita, como no quesito de organização.

Pensando em todos esses cuidados, neste especial indicaremos produtos confortáveis para auxiliar o dia a dia do Seu Bebê na Escolinha... Tudo para inspirar os Pais nesta nova jornada da vida :)

Esses Jogos Americanos foram confeccionados pela Arte Cabocla de Macaé/RJ, que está no mercado desde 2012. Mas bem antes de 2012, Cida Santos que é idealizadora da marca, já havia semeado o projeto, já que tudo começou a partir do momento que passou a fazer as roupas de seus filhos com o objetivo de os deixarem mais confortáveis e com jeito de criança. As peças fizeram muito sucesso e ela passou a fornecer sob encomenda. Então podemos dizer que a Arte Cabocla foi fecundada quando ela confeccionou a primeira peça neste contexto.

Arte Cabocla busca oferecer exclusividade, conforto e qualidade, por isso trabalha com tecidos 100% algodão em todos os seu produtos.

Hoje, a Arte Cabocla fornece outros produtos além das roupas infantis, como brinquedos lúdicos, pesos para porta, painéis com temas religiosos (clique aqui e conheça o painel do Santo Expedito) e jogos americanos, como este aqui.

Cida fez esses Jogos especialmente para esta publicação, tanto é que o bordado é o título da nossa matéria "Seu Bebê na Escolinha", um produto personalizado que você pode pedir para bordar o nome do seu Bebê ou até mesmo uma frase carinhosa.

Uma coisa bacana neste Jogo Americano Infantil é o porta-talheres, assim é só encaixar os talheres no bolso, enrolar e colocar na bolsa do Bebê.

Cida acredita que o momento da alimentação de uma criança deve conter alegria e prazer, por esse motivo escolheu estampas divertidas e vibrantes para os Jogos Americanos.

A alimentação de um Bebê precisa ser bem regrada, porém dependendo da idade do Bebê, se ele ver alguém comendo algo como uma bolacha por exemplo, é importante oferecer para que ele não crie uma vontade intensa ao ponto de até mesmo adoecer.

Até 2 anos de idade, tudo que o Bebê se alimenta, o organismo dele reflete rapidamente. Um exemplo claro disso é quando os Bebês participam da festinha de aniversário na própria Escolinha. Normalmente no dia seguinte o intestino deles dão uma desandada porque saíram de sua rotina alimentar, mas isso não quer dizer que precisamos ser radicais e impedir que eles participem desses eventos.

Todos acabamos sendo condicionados aos cardápios de aniversários com brigadeiros, coxinhas e refrigerantes e muitas Escolinhas liberam esse tipo de alimentos nesses momentos. Ao mesmo tempo podemos fazer diferente e se for o caso, até sugerir para a Escolinha do nosso filho opções mais saudáveis para as festinhas. Clique aqui e veja ideias deliciosas, divertidas e saudáveis para as festas infantis.

Temos que ter tato com nossos Bebês nesse sentido. Por exemplo, dependendo da idade do Bebê, nas sextas-feiras que o "Lanchinho" é menos rígido, de vez em quando é legal enviar um agrado ao nosso Bebê na lancheira, como o Pão de Mel que é uma delícia.

E quando for enviar esse tipo de alimento para a Escolinha, mande uma quantidade razoável para que ele possa compartilhar com os amigos, afinal de contas, todos vão querer!

O Pão de Mel da Chocolate Pan também pode fazer parte do cardápio da festinha de aniversário do seu Bebê ou daquele momento especial com leite quente. É o tipo de guloseima que faz parte da infância.


Tanto é que quando comemos esse Pão de Mel da Chocolate Pan viajamos até o nosso passado, numa época que éramos crianças e de alguma maneira estávamos nos divertindo com um desses na mão.

A Chocolate Pan de São Caetano do Sul/SP, atua no mercado desde 1932... Tem muita historia pra contar. Já fez parte da nossa infância, da infância dos nossos Pais, da infância dos nossos Avós e agora da infância dos nossos Bebês, que quando comem um Pão de Mel desse, se melecam inteiro! rs
Se até com um pequeno morango eles deixam a camiseta toda manchada, imaginem com este Pão de Mel. Ficam lindos! :)

E para este momento de pura lambança, dois produtos necessários para facilitar o dia a dia na Escolinha e também em casa, é a Fralda de Boca e o Babador, peças que devem estar sempre presentes. Tanto é que são itens que toda Escolinha pede na lista de material do Bebê.

Fralda de Boca e Babador são peças que acompanham seu Bebê desde o nascimento até os primeiros anos de vida. E na Escolinha não podia ser diferente, pois eles gorfam, babam bastante quando começam a nascer os dentes e na hora de se alimentar são peças fundamentais.
Essas são peças confeccionadas pelo Petit Patê Ateliê de Araraquara/SP, que tem como idealizadora Patrícia Falasca que desde muito jovem se interessou pela costura criativa e passou a desenvolver peças em patchwork. Amigos e familiares foram acompanhando as peças que Patrícia confeccionava e adoravam... Foram fazendo uma encomenda aqui e outra ali e dessa crescente nasceu o Petit Patê Ateliê em 2017, mas desde 2010 Patrícia já atuava no meio.

Essas são peças bem confortáveis e com um design que deixa nossos Bebês muito fofos.

Para confeccionar, Patrícia se inspirou na necessidade e praticidade, principalmente no período escolar, deixando os Bebês limpinhos e lindos, já que são peças encantadoras.

Como eles babam bastante, o Babador é bem reforçado e impede que a roupa fique molhada e suja, assim como na alimentação, não deixando passar nada para a roupinha. A Fralda tem um tecido bem macio, ideal para limpar a pele, mantendo seu Bebê sempre limpinho.

Patrícia busca sempre oferecer peças que sejam úteis e arquiteta todo o processo, tudo para que a pessoa que for usar tenha um impacto positivo, trazendo melhoras para a vida... Detalhes que fazem diferença nos cuidados com nosso Bebê na Escolinha.

Todos sabemos que o dia a dia na Escolinha é repleto de atividades que irá ajudá-lo a se desenvolver fisicamente, intelectualmente e psicologicamente, pois estão sempre fazendo algo que trabalhem esses pontos, como as brincadeiras lúdicas e a interação com os amiguinhos.

É por isso que em muitas Escolinhas, na sexta-feira (além dos lanchinhos especiais) também é dia de levar Brinquedo.

Eba!!!

Os Bebês levam seus brinquedos e interagem um com os outros de uma maneira muito divertida. Eles amam!!! E quando vamos escolher um Brinquedo para nossos Bebês precisamos ser bem criteriosos, pois eles são sensíveis e como ainda nem tem controle total dos seus movimentos, podem facilmente se machucar.

Já vi diversas pessoas sem saber o que comprar quando vão presentear um Bebê com brinquedo, exatamente por essas questões.

Mas encontramos uma opção muito graciosa para nossos Bebês, o Amigurumi.
Você já ouviu falar?

O Amigurumi é um boneco feito à mão, normalmente de crochê ou tricô, popular no Japão há décadas, mas apenas em 2003 que passou a ser popular por aqui.

Muitas pessoas colecionam Amigurumis ou utilizam para decoração, mas o melhor mesmo é quando vemos o chamego dele com nosso Bebê.

É um boneco muito macio e ideal para serem brinquedos de Bebês.
E podemos até dizer que passam a ser grandes companheiros. Isso porque tem muitos Bebês que além de brincar com os Amigurumis, passam também a utiliza-los como Naninhas. Isso porque o Amigurumi é tão "apertável" passando a ser um amigo para acompanhar o momento do soninho. Demais, né!

Se o seu Bebê gostar de nanar com o Amigurumi utilize-o como Naninha, mandando diariamente para a Escolinha, se apenas brincar com ele, envie apenas nas sextas-feiras.


Esse Amigurumi é o modelo Narval do Estúdio 100% Algodão de Piratininga/SP.

Marianna é a idealizadora da marca e esse nome foi escolhido porque os produtos que confecciona tem foco nos tecidos e linhas. Ela e sua mãe são apaixonadas por técnicas artesanais e desde fevereiro de 2014 atua neste segmento.

O Estúdio 100% Algodão tem mais de 20 modelos de Amigurumis, dentre eles estão a Princesa Jujuba, plantas, animais e até chaveiros... Um mais lindo que o outro!
E todas essas dicas você pode e deve estender para sua casa!

Atividades de desenhar e sentar para brincar com nossos Bebês precisam fazer parte do cotidiano.
Quando buscamos eles na Escolinha, em casa precisamos criar uma rotina educadora e isso envolve atenção em atividades lúdicas também.

É claro que na Escolinha eles fazem diversas atividades, mas quando nós Pais também somos presentes dando atenção, criamos um vínculo harmonioso com o filho, passando segurança e de forma indireta dizemos o quanto eles podem contar conosco.

É importante quando o Bebê chegar em casa, tomar um banho, se alimentar e ficar com os Pais de uma forma que realmente uma atenção seja dada.

Olhe este risque-rabisque que demais!
Com ele dá para sentar na cama ou no sofá e usá-lo de apoio para desenhar.

Os Bebês adoram desenhar com os Pais!

Esse Risque-Rabisque é produzido pela Eliz Arte & Papelaria de São Paulo/SP. Um produto feito totalmente à mão.

Um produto que você também pode usar quando não estiver desenhando com o Bebê, para apoiar ou na mesa como Risque-Rabisque, sua função original.

Desenhar auxilia no desenvolvimento do Bebê e normalmente a partir dos 12 meses ele começa a conseguir a segurar um lápis na mão e com a ajuda dos Pais, esse momento será muito enriquecedor para a emoção e inteligência.

E essa atividade pode se estender para outros locais. Quando for sair com o Bebê, pode levar a Lousinha Portátil da BilaBiloca de Botucatu/SP.

Essa Lousinha Portátil é um ótimo brinquedo para levar para passear com o Bebê.
É uma delícia parar em uma praça para desenhar com o Bebê ou levar quando for na casa de algum familiar ou amigo.

Temos grande respeito pela BilaBiloca, inclusive iniciamos a nossa parceria com a apoio deles na Brinquedoteca do Centro Cultural Família José, entidade cultural que apoia principalmente os jovens de forma educativa e artística na cidade de Americana/SP. Essa ação social que foi plantada contribuiu para a felicidade de muitas crianças. (Leia os detalhes).

BilaBiloca também participou da publicação especial: Seu Bebê em primeiro lugar, um mix de produtos para a primeira fase do Bebê... Você tem que conferir :)

Como dissemos, nossa casa pode e deve ser uma extensão da Escolinha...
Lembrando que é muito importante dizer que os Pais é que são responsáveis por muitas questões educacionais, onde a Escolinha as vezes pode apenas colaborar. E a Escolinha também tem suas responsabilidades com nossos filhos, como educar e orientar o que é pertinente à eles, num ambiente seguro e saudável.

Seu Bebê merece esses cuidados e toda essa dedicação...
... Na casa ou na Escolinha nos só desejamos que seja muito feliz.

Acompanhe de perto a evolução do seu filho <3
Esses são momentos que sempre estarão cravados nas boas memórias.

Participação especial nesta Publicação:
(Redirecionamento para o Instagram ao clicar nas imagens)


Redação: Fabiana Martins
Créditos de Conteúdo e Fotos: Revista Neoo

No Cenário:
Lápis de Cor Faber Castell
Lancheira Homem Aranha by Stile Comercial
novembro 07, 2018

Elis Regina, a Pimentinha

por , em
Elis Regina (1945-1982) nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, no dia 17 de março.
Uma pisciana com personalidade tão forte que era chamada carinhosamente por Rita Lee de Pimentinha... em apelido que pegou!

Uma amizade que nasceu de uma forma bem peculiar mas se fortaleceu muito, tanto que o nome da filha de Elis, Maria Rita foi em homenagem a  Rita Lee (que era chamada de Maria Rita por Elis).

Nesse vídeo, Rita Lee conta um pouco sobre como conheceu Elis.
Assistam! É muito bacana!
Assistindo a Elis Regina cantando nos vídeos ou até quem teve oportunidade de ver um show pessoalmente, não acredita que ela só tinha 1,53m de altura. No palco ela crescia com sua voz e seus movimentos performáticos.
Uma grande cantora brasileira que sempre servirá de inspiração para muitos artistas, entre eles:
*Milton Nascimento, que inclusive revelou que teve um tempo que só fazia músicas pensando nela e até sonhava com ela todas as noites.
*Björk tem Elis como uma grande inspiração, chegando a escrever uma música para a cantora, chamada "Isobel". Abaixo, o vídeo para vocês conhecerem essa música:

Elis Regina no dia 19 de janeiro de 1982, deixou todos e se foi.

Teve 3 filhos: João Marcelo Bôscoli, Pedro Camargo Mariano e Maria Rita.
E deixou um grande legado artístico para todos, principalmente para nós brasileiros.

A Elis está simplesmente demais neste vídeo!!!
Num mesclado com diversos trechos de grandes músicas, mostra sua forte arte de interpretar.
Pra mim, a melhor fase musical dela. Assistam o vídeo e tire suas próprias conclusões.

Uma grande artista que vive em nossos corações! <3



Artigo: Fabiana Martins
Vídeo: Youtube
Fotos: Google

Post Top Ad

Visite nosso Instagram