Post Top Ad

Cantoras Liniker e Ava Rocha entrevistam uma à outra em série do Canal Curta

A CENSURA À MÚSICA POPULAR BRASILEIRA DURANTE O REGIME MILITAR É OUTRO DESTAQUE DO CANAL, COM EPISÓDIO INÉDITO DA SÉRIE ‘CALE-SE’
Duas cantoras poderosas, uma com três discos lançados em sete anos de carreira; outra com uma trajetória de três anos e um álbum lançado. Ava Rocha e Liniker, respectivamente, têm muito a dizer sobre suas visões de mundo e seus processos criativos. Por exemplo, as duas gostam de compor em silêncio absoluto e defendem um engajamento político:

“Eu sou uma travesti negra (...).
Não tem como não ser político estar em cima de um palco”,
diz Liniker.

Ava responde:
“A nossa geração muitas vezes é encarada como sem muita política.
Eu acho o contrário.
É uma geração extremamente política.
No campo de vista da política cultural,
a gente tem transformado o mercado”.

A íntegra da conversa entre as duas artistas será exibida pelo Canal Curta! em episódio inédito da série “Palavras Permanecem”, na Quinta do Pensamento, 30, às 23h. A filha do cineasta baiano Glauber Rocha e a cantora e compositora de Araraquara também protagonizam performances inéditas no meio do papo.

Ainda na quinta-feira, às 23h30m, o canal exibe o segundo episódio da série inédita na TV brasileira “O Legado da Coruja”.
Produzida pelo Arte France, tradicional canal público franco-alemão, e dirigida pelo cineasta francês Chris Marker, a produção apresenta a herança da Grécia Antiga na civilização ocidental. A coruja, animal que simboliza a busca por conhecimento, aparece como guia nessa jornada, que neste novo episódio abordará a Olimpíada, detalhando a origem da palavra na Grécia Antiga e a sua relevância desde então. Exibida originalmente nas televisões francesa e inglesa, em 1989, a produção foi filmada em cinco cidades, em um período de dois anos, e conta com 59 convidados.

A série “Cale-se - A censura musical no Brasil”, ganha um novo episódio na Segunda da Música, 27, às 20h, mostrando a censura à música popular brasileira na época da Ditadura Militar. 
“Censurando o Popular” é um dos oito episódios da série, dirigida por Marcus Fernando, que revisita a produção musical brasileira perseguida pelos departamentos de censura nos Anos de Chumbo. Por meio de números musicais históricos ou produzidos especialmente para a série, revela-se o repertório vetado pelos censores e suas motivações mais surpreendentes. Imagens da época e depoimentos de compositores censurados, artistas exilados, advogados, jornalistas e pesquisadores trazem à tona os bastidores da censura musical no Brasil.

Na Quarta de Cinema, 29, a faixa “A Vida é Curta!” mostrará curtas premiados dirigidos por mulheres. Às 20h32, “Abigail” mostra a rotina da mãe de santo Abigail Lopes, radicada no bairro carioca de Campo Grande, que durante a juventude lutou pelo bem-estar dos índios.
O curta, de Isabel Penoni e Valentina Homem, representou o Brasil no Festival de Cannes. Em seguida, “Vertières I II III”, de Louise Botkay, apresenta três incursões à história política e social do Haiti pós-independência.

Já às 23h35, também na Quarta de Cinema, a série “Projeções” mostra a experiência de Paulo Sacramento, responsável pela montagem do clássico do cinema brasileiro “Amarelo Manga”.
Neste episódio, Sacramento comenta os diferentes gêneros e estéticas em filmes que ele dirigiu, como “Riocorrente” e “O Prisioneiro da Grade de Ferro”. A série “Projeções” é uma produção do Itaú Cultural gentilmente cedida ao Curta! que busca tratar do mais recente cinema expandido brasileiro, em seus diferentes gêneros e formatos.


A poucos meses das eleições de 2018, o Canal Curta! exibe na Sexta da Sociedade, 31, às 22h30, o documentário “O Muro”. Lula Buarque de Hollanda faz, neste longa-metragem, um retrato urgente do atual cenário brasileiro, investigando a polarização que inflamou de forma inédita o país.
 A produção foi gravada durante as manifestações que tomaram o país nos meses que antecederam o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Saiba mais em:
http://www.canalcurta.tv.br

Sobre o Curta!
Dedicado às artes, cultura e humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores independentes. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, os principais segmentos temáticos da programação são música, dança, teatro, artes visuais, meta-cinema, filosofia, literatura, história-política e sociedade.

Crédito de Conteúdo e Foto via Agência Febre

A Revista Nós e outros Olhos apoia a Cultura e incentiva ações como esta!
Propague a cultura você também... Isso só faz o bem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Post Top Ad

Visite nosso Instagram