Post Top Ad

Os Medos de Zé do Caixão



Virada Cultural - Os Medos de Zé do Caixão
Por Ana Luiza Ponciano


Evento exibe seis filmes de José Mojica Marins e traz desafio ao diretor: vencer seu medo de altura, no alto de um guindaste, no centro de São Paulo

José Mojica Marins, o Zé do Caixão
Medo dos filmes mais trash e assustadores ele diz não ter - inclusive na hora de participar de filmagens violentas, que incluem animais sangrando e baratas vivas, entre tantas cenas absurdas cenas do cinema nacional. Participar da Virada Cultural 2011, porém, será um desafio para José Mojica Marins.

Isso porque os organizadores do evento tocaram no ponto fraco de Mojica: o medo de altura. Explicando: a produção da Virada resolveu que Zé do Caixão irá perambular pela cidade a 30 metros do chão, em um guindaste, saindo do Paissandú, a partir da 1h de domingo. A experiência faz parte da programação especial feita em homenagem ao diretor, que inclui uma maratona de seus principais longas.

"Eu confesso que estou com medo", diz Mojica. "A vida toda não pude nem chegar perto de uma janela." Seria esse uma espécie de tratamento de choque? "Eu já passei por tantos, mas determinados medos não vão embora nunca. O que eu vou fazer é tentar encarnar o personagem, o que facilita", explica.

Essa não é a primeira vez que Mojica passa por perrengues pela sétima arte. No final dos anos 40, ele precisou ficar pendurado em uma torre de igreja na Avenida Tiradentes, para salvar uma criança - a cena fez parte do filme Meu Destino em Suas Mãos. "Naquela altura de 25 metros, confesso que tremi demais. Eu tinha que trazer coragem pra criança, mas estava com mais medo do que ela", conta Mojica, dono de um estilo praticamente artesanal, rico em exageros, Mojica é um ícone do cinema brasileiro. E essa homenagem veio a calhar e claro, vai começar à noite, na noite deste sábado no Cine Windsor, na República.

A seleção de filmes (que serão exibidos no Cine Windsor a partir das 22h deste sábado) foi elaborada pela esposa de Mojica, Edineide "Lenir Dark" Silva. "Já foram mandadas as fitas, anjo?", ele interrompe a entrevista para perguntar à companheira, cuja seleção passou pelo mais recente longa do cineasta, Encarnação do Demônio, e também incluiu Profeta da Fome, filme do diretor Maurice Capovilla, em que Mojica atua.


Fonte: http://www.rollingstone.com.br


Post Top Ad

Visite nosso Instagram